Nome
E-mail
Home | Notícias
54º Concurso de Ganadarias em Évora

Tarde de Concurso de Ganadarias em Évora, dia diferente para mim como grande aficionado que sou ao Grupo de Forcados Amadores de Montemor.
No início da semana tinha recebido um simpático e honroso convite do Gonçalo Saúde e do cabo José Maria Cortes para acompanhar o Grupo neste dia de compromisso e para viver de perto o grande ambiente que rodeia toda a família montemorense em dia de corrida. No fundo, para sentir “o grupo por dentro”!
O convite foi imediatamente aceite e, assim no Domingo rumei a Évora para viver esta grande jornada de convívio e amizade que me esperava, em dia de importante corrida e compromisso para o Grupo de Montemor.

Estamos a falar do Concurso de Ganadarias de Évora (este ano na sua 54ª Edição), uma das corridas com maior prestígio e importância no calendário taurino nacional.

À minha espera estava o Gonçalo Saúde que foi um “anfitrião” cinco estrelas! Dirigimo-nos para casa do Francisco Borges (antigo e destacado elemento do Grupo) e Pai do actual forcado Francisco Maria Borges, que está numa forma excelente, como se provou na primeira pega da tarde!
Em casa do Francisco Borges já estava o José Maria - que me deu as boas-vindas - e que estava pronto para conduzir as operações da tarde, com toda a eficiência e determinação que se pede a um cabo.
Grande repasto e grande simpatia proporcionada pelo Francisco e Maria do Carmo Borges. Como se costuma dizer: “ de comer e chorar por mais”! A rapaziada do Grupo ia chegando e a família começava a ficar completa. Aos actuais elementos do grupo alentejano que iam chegando para se fardar, juntaram-se também as antigas glórias destacando-se Américo Chinita de Mira, Agostinho Borges, Francisco José Godinho, Joaquim Murteira Correia, Paulo Vacas de Carvalho, Paulo Duque Fonseca, Francisco Chaveiro, João Cortes, João Maria Cabral, para além dos já referidos “anfitriões” Francisco Borges e Gonçalo Saúde. Grande encontro de gerações!
Tempo depois para sentir de perto a solenidade da fardação e o aumento da ansiedade para o desafio que se aproxima.
Todos têm que estar impecavelmente fardados e todos os pormenores são cuidados com enorme minucia e perfeição. É hora do cabo José Maria dar os últimos conselhos, pedir a máxima concentração a todos os elementos do Grupo e passar a mensagem da importância do compromisso e do peso que a jaqueta de Montemor tem na Tauromaquia nacional. Um discurso com a grande exigência que se lhe conhece e que todos ouvem com a máxima atenção. Tudo pronto! Agora é tempo de ir para a Praça de Toiros Arena D’Évora!

54º Concurso de Ganadarias. Seis toiros de Palha, Veiga Teixeira, Rio Frio, Murteira Grave, Passanha e São Torcato. Cavaleiros: António Ribeiro Telles, Luís Rouxinol e João Salgueiro. Forcados Amadores de Montemor-o-Novo e Évora. Em disputa prémios Bravura e Apresentação.
¾ de casa nas bancadas para assistir a uma das mais importantes corridas da temporada.

 O primeiro toiro da corrida - Palha - saiu lesionado. A corrida prosseguiu, tomando por ordem o lote do cavaleiro, em vez da antiguidade da Ganadarias em praça. Por isso ao Grupo de Montemor coube em sorte pegar em primeiro lugar, o terceiro toiro da tarde, um Rio Frio encastado mas manso que foi lidado por João Salgueiro. Para a cara deste toiro foi o jovem forcado Francisco Maria Borges, que citou de forma muito serena e elegante. Mandou vir o toiro, reuniu com muita decisão à córnea e aguentou estoicamente os derrotes que o rio frio dava. O grupo mostrou muita coesão a ajudar e fechou com muita determinação esta grande pega. Olé!


Ao forcado João Caldeira coube a tarefa de pegar o quarto toiro da tarde, o sobrero da ganadaria de São Torcato lidado com classe por António Ribeiro Telles. O arranque foi pronto para o forcado, que com o barrete posto, nem teve tempo para citar! João Caldeira é um forcado experiente e seguro e sem qualquer tipo de hesitação, aguentou a investida rápida do toiro, soube esperar o momento certo para reunir e fechou-se com eficácia, com o grupo também coeso a ajudar e a concretizar esta rápida mas eficaz pega.

Para pegar o quinto da tarde, um Passanha bonito e bem lidado por Luís Rouxinol, o escolhido foi o forcado Manuel Ramalho. Um toiro cheio de querenças que não facilitou a primeira reunião ao forcado. Na segunda tentativa, o forcado mandou na investida, reuniu com decisão e teve uma preciosa e excelente primeira ajuda de Joaquim Murteira Correia, que aguentou o forcado na cara do toiro. As ajudas chegaram no tempo certo e fecharam com eficácia mais esta pega.


Pelo Grupo de Évora pegou João Pedro Oliveira à segunda; José Miguel Martins à primeira; e Ricardo Sousa também ao primeiro intento.
Tarde de grande responsabilidade para o Grupo de Forcados Amadores de Montemor, onde mais uma vez estiveram à altura de um grande desafio e onde mais uma vez escreveram uma bonita e importante página na sua História.

Para mim, será um dia que recordarei para sempre: o dia em que pude acompanhar bem de perto todas as vivências do “meu” Grupo de Forcados e onde pude assistir da primeira fila às razões que fazem do Grupo de Montemor, o melhor Grupo do Mundo!


Obrigado Gonçalo, obrigado Zé Maria!

Évora, 19 de Maio de 2013
Miguel Soares


 

Veja aqui as pegas desta tarde:

Francisco Borges: http://www.youtube.com/watch?v=XA9yZVVKRbw&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A&index=4

João Caldeira: http://www.youtube.com/watch?v=8M4x8x2BgKo&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A&index=3

Manuel Ramalho: 1ª tentativa - http://www.youtube.com/watch?v=7ye6n7p5ulU&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A&index=2

2ª tentativa - http://www.youtube.com/watch?v=DWzp6xaZP3g&list=UUfgiaJseFyf15tSsbGNjY1A&index=1

Voltar
com o apoio de