Nome
E-mail
Home | Notícias
Corrida de Toiros em Almeirim

CRÓNICA DA CORRIDA DAS VINDIMAS, EM ALMEIRIM REALIZADA NO DIA 12/09/2015.

Depois do êxito do G. F. Montemor no Campo Pequeno e do excelente ambiente que se vive no seio do nosso grupo, pude presenciar na festa da nossa “família”, o Grupo de Forcados de Montemor, na corrida da Feira da Luz, em que se recebem as “Velhas Glórias” com carinho e distinção. Tudo isto aguçou-me o apetite, para não deixar a temporada terminar sem participar em mais um fim-de-semana taurino, pelo que me desloquei, no dia 12 de setembro, à corrida de Almeirim.

O local da fardação, foi em Santarém e não poderia deixar de ser, na casa do antigo forcado Rodrigo Dentinho, pai dos atuais forcados António e Manuel Dentinho, que nos ofereceu um excelente lanche, que muito agradecemos.

Respetivamente à Corrida de Almeirim, estava um cartel bem montado, pelo empresário Paulo Pessoa, também ele antigo forcado de Montemor, para se homenagear o Dr. Fernando Salgueiro, cavaleiro já retirado, natural desta terra. Para lidar o curro bem apresentado da Ganadaria Vinhas, propunham-se os cavaleiros: João Moura Júnior, Mateus Prieto e  Salvador da Costa. Para os pegar, o G. F. Montemor o Novo e G. F. Aposento da Chamusca.

Para pegar o nosso primeiro touro, com 480 kg e bem apresentado, foi escolhido pelo cabo António Vacas, o forcado Francisco Bissaia Barreto, que brindou ao homenageado Dr. Fernando Salgueiro, que com sabedoria, citando cá de traz, com muita paciência e calma provocou a investida rápida e franca do touro, o que lhe proporcionou um ótimo momento de reunião. Foi bem ajudado pelo forcado Quim Zé, em ajuda difícil devido à velocidade do touro. A pega foi consumada ao 1º intento, após bater nas tábuas e ajudado já nos tércios.

Para a pega do nosso segundo touro, 3º da corrida, escolheu o cabo, o forcado Manuel Dentinho, ajudado pelo seu irmão António Dentinho, que brindou a seu pai Rodrigo Dentinho. O touro com 520 Kg e era o mais pesado do nosso lote, também bem apresentado. Foi pegado ao 1º intento, com cite garboso a encher bem a cara ao touro, provocando-lhe uma investida franca. Reunião fácil e bem ajudado pelo António Dentinho, que veio montado, em viagem rápida, tendo o touro metido a cabeça no chão junto à trincheira obrigando a uma maior coesão nas 3ª ajudas.

Para o nosso último touro com 475 Kg, bem apresentado, mas com pouca cara, foi escolhido o forcado Valério, filho do valente forcado do grupo de Santarém, com o mesmo nome. Brindou à Tertúlia Tauromáquica de Angola. Pegou ao 1º intento, com bom cite, a mandar bem no touro e a escolher bem o momento da reunião, ajudado por António Pena Monteiro, com as ajudas bem unidas, a fechar uma noite de êxito.

O rabejamento destes três touros coube a Francisco Godinho, que como habitualmente é bonito e eficaz. Não entendeu bem o nosso 2º touro, pregando-nos um susto, mas tudo correu pelo melhor.

De salientar a solidez do grupo que embora de se estar no fim da temporada continua com forcados de cara para pegar 2 corridas num fim-de-semana, apresentando três primeiras ajudas diferentes, todos eles eficazes, para alem do nosso João Pedro (JP) que se encontra em recuperação

 Ao grupo do Aposento da Chamusca calhou-lhes o lote mais pesado. Parabéns pela boa prestação e valentia e pela maneira como resolveram de forma eficaz, a pega do seu 1º touro. O curro da Ganadaria Vinhas estava bem apresentado, mas com pouca cara. Tiveram nota positiva pela bravura evidenciada deixando-se lidar com facilidade, proporcionando uma bela noite de touros.

Como sempre a “Família do Grupo de Forcados de Montemor” está presente nas corridas do seu grupo vendo-se nas bancadas muitos dos antigos e amigos do grupo, que contribuíram assim, para preencher a meia casa e fortalecer este espetáculo que tanto apreciamos e nos une.

Pelo Grupo de Forcados de Montemor

Venha Vinho! Venha Vinho! Venha Vinho!

Bota abaixo!

Tó Lopes

Voltar
com o apoio de