Nome
E-mail
Home | Notícias
Tradicional Corrida de Toiros da PIMEL - Alcácer do Sal

E foi sexta-feira, dia de trabalho, que o Grupo de Montemor se dirigiu a Alcácer do Sal para a tradicional corrida das festas da PIMEL, véspera de São João. Numa noite quente de Verão, o Grupo tinha a tarefa de pegar 3 toiros Pinto Barreiros, toureados pelos cavaleiros António Ribeiro Telles, Filipe Gonçalves e o praticante Luis Rouxinol júnior. Mais uma vez repartimos as pegas com o rival alentejano de Évora, numa última despedida ao seu cabo António Alfacinha, dentro de praça, já que se despede no próximo dia 30 de Junho na arena de Évora.

Como já é normal nas deslocações a Alcácer, a recepção por parte de quem nos recebe é sempre muito especial! Desta vez foi na casa Cecílio, a convite dos nossos forcados Patrício, António e Miguel, onde convivemos, descansámos e fardámo-nos para a corrida que aí vinha.
Já na praça após, um minuto de silêncio em memória do nosso Cabo José Maria Cortes, Mestre David Ribeiro Telles e Ivan Fandinho, vieram os toiros.

Para o primeiro toiro, o maior da corrida, o cabo escolheu o forcado revelação do ano anterior, Bernardo Dentinho. Esta noite não foi de sorte para o forcado açoriano. A primeira tentativa citou calmo e elegante, mandou vir o toiro de longe e por azar no momento da reunião foi pisado. Mesmo assim com o toiro a fugir ao grupo, ainda aguentou uma serie de derrotes até ser “despachado”. Na Segunda tentativa, o forcado talvez por culpa sua e somado ao facto do toiro também ter perdido as mãos, não reuniu e teve de mais uma vez citar o toiro. Na terceira, já com os ajudas carregados, a pega ficou consumada. Ao Bernardo resta levantar a cabeça e fazer a mão na próxima oportunidade que lhe for dada!

Para o segundo toiro, foi à cara o forcado de Sousel, António Calça e Pina. Andou para o toiro com muita calma, vontade para não vacilar e pegar o toiro à primeira. E assim foi, depois de carregar e “agredir” o toiro com um forte grito, aguentou e reuniu à barbela para de lá não mais sair. Uma merecida volta sozinho do forcado, com o cavaleiro a não comparecer. De salientar a oportuna e eficaz primeira ajuda do forcado da terra António Cecílio que tem vindo a subir dentro do grupo e isso tem-se visto nas oportunidades que o cabo lhe tem dado.   

Para o último da corrida foi escolhido o anfitrião Miguel Cecílio, estando a dar primeiras ajudas o aniversariante João Megre Pires, que completava o 26º aniversário dentro de praça, rodeado pela sua segunda família! O jovem forcado Miguel andou um pouco nervoso para o toiro mas decidido para o pegar. O toiro irrequieto e sem se fixar no forcado acabou por arrancar solto. O Miguel aguentou bem o toiro (talvez um pouco demais), praticamente não recuou e fechou-se com valentia para não mais o largar. Volta a praça para cavaleiro e forcado, muito aplaudido pelos seus conterrâneos Alcacerenses.

O Grupo esteve eficaz a ajudar e mostrou que está cheio de juventude com qualidade e a querer subir para a linha da frente do Grupo de Montemor.

Para terminar, fomos recompensados por uma fantástica Paelha em casa da família Cecílio, que se prolongou noite fora com saudável convívio. À família Cecílio um grande obrigado por tudo!

Pelo Grupo de Montemor!...Venha vinho!

Manuel Dentinho

A corrida em fotos:

Fotografias: Fernando Henriques (TAURONEWS); e Miguel Soares.

Veja o vídeo das pegas, seguindo o link:

https://www.youtube.com/watch?v=030vP290Pxk

Voltar
com o apoio de