Nome
E-mail
Campicarn
Horta Osorio Wines
Apormor
Montemor o Novo
Home | Notícias
Coruche, 2 de Junho de 2019

No passado Domingo, 2 Junho realizou-se em Coruche uma corrida que, sem dúvida, vai marcar a temporada.

Não podia deixar de começar esta crónica sem falar no desafio a que João Ribeiro Telles se propôs: Tourear 6 imponentes toiros de diferentes ganadarias numa praça exigente e cheia de “afición” como a de Coruche, não é para todos. O Ginja soube fazê-lo com muita seriedade e saber, parabéns por esta tarde!

O Grupo de Montemor também esteve em grande plano, três pegas que personificam em pleno a escola do nosso Grupo. Todas à primeira tentativa, com especial destaque para a primeira da tarde por João da Câmara, com certeza uma das pegas da temporada.

Perante um Palha de 540kg, o João brindou ao público e citou sereno como o caracteriza, mandou na investida do toiro e reuniu com poder. A viagem até às tábuas foi duríssima com o toiro a empregar derrotes que desfeiteavam os ajudas, mas que mais alma davam ao forcado da cara que nunca deixou de acreditar. Que grande pega, muita classe e garra.

O nosso segundo toiro pertencia à ganadaria Grave com 500kg, para a cara o António escolheu Vasco Ponce, forcado novo que tem sabido aproveitar as suas oportunidades mostrando sempre muita técnica e tranquilidade. Brindou a João Telles e citou de largo e reuniu com perfeição, os ajudas a darem vantagens não tiveram dificuldades em fechar mais esta bela pega.

O quinto toiro da tarde, da ganadaria Passanha saiu à praça com 580kg, mostrou-se sério e reservado durante toda a lide e por essa razão foi escolhido o Francisco Borges. A experiência e serenidade que transmite perante qualquer toiro mostram bem o momento que este forcado está a passar. Brindou aos antigos elementos nas bancadas que aderiram em grande número a esta corrida, e começou de trás como mandam as regras. Carregou a investida e reuniu para ficar, o toiro embalado chegou aos ajudas com velocidade que souberam mais uma vez fechar a pega sem facilitarem. Destaque para o primeiro ajuda Nuno Campelo que também devia ter sido chamado à praça.

O Grupo de Coruche perante o seu público pegou os seus toiros à 2ª, 1ª e 1ª tentativa respectivamente, com destaque para a última da tarde, um toiro duro que exigiu o melhor de todo o Grupo que correspondeu com uma grande pega.

Ao intervalo o Grupo da terra homenageou o Grupo de Montemor pelos seus 80 anos com a entrega de uma bonita lembrança. Dois Grupos que vão estar sempre ligados pela sua história.

O Grupo de Montemor está a atravessar um grande momento e tem já no próximo fim-de-semana de 15 e 16 de Junho dois desafios que vão testar ao máximo as suas capacidades: Reguengos (15) e Santarém (16). Duas importantes corridas em que mais uma vez temos de estar em força para apoiar o nosso Grupo.

Para terminar muito obrigado à família Potier pela forma como recebeu a família de Montemor.

Rodrigo Corrêa de Sá

Fotografias: Fernando Clemente, Miguel Calçada de Sousa, Mónica Mendes, Sta. Bárbara Mónica e site "Touro e Ouro".

Voltar
com o apoio de